Especialistas da pele

Solar

Solar

O sol é a fonte da vida, indispensável para o desenvolvimento. Contudo, a radiação solar pode causar danos no organismo e, sobretudo, na pele. É essencial proteger-se.

Qualquer que seja o tipo de pele, alguns fatores podem desencadear ou favorecer uma sensibilidade excessiva: a pele reage frequentemente onde não gostaríamos que se manifestasse nunca...no rosto.

La marca Eau thermale Avène

O sol, amigo ou inimigo ?

O sol é a estrela mais próxima de nós. É fonte de prazer, mas a sua radiação pode causar danos à pele.
Devemos ter atenção para os raios :
 
  • Os UVA. Possuem a mesma incidência durante todo o dia, em todas as estações do ano e dias nublados. Penetram mais profundamente na pele atingindo-a até a derme. Podem provocar o envelhecimento, manchas e o câncer de pele.
  • Os UVB Maior incidência entre 10 e 16h. Penetram superficialmente na pele. Podem provocar queimaduras, vermelhidão e o câncer de pele.


As reações da pele

A pele pode reagir ao sol de múltiplas formas e estas reações são mais ou menos visíveis... pode depender do tipo de pele de cada um. É dele que vai depender a resistência ao sol. O conhecimento do nosso tipo de pele é essencial.

A curto prazo :
  • Bronzeado, uma reação natural de defesa da pele aos raios ultravioletas.

Os melanócitos da camada inferior da epiderme produzem melanina (pigmento castanho) que absorve a radiação e forma um écrã protetor.
Golpe de sol, uma queimadura provocada pelos UVB que demonstra uma exposição excessiva.
- No primeiro grau, é a simples vermelhidão que define as zonas expostas. Esta vermelhidão é dolorosa e provoca calor.
- No segundo grau, verifica-se a presença de borbulhas e de bolhas.
- Mau estar geral, dores de cabeça, febre, desidratação provocada por golpe de calor podem completar este quadro.

 
  • Fotossensibilizações
O sol não é o único responsável; os seus efeitos podem ser aumentados por substâncias fotossensibilizantes. Estas podem estar contidas nos vegetais, nos perfumes, em certos medicamentos (anti-inflamatórios, antibióticos...).

A longo prazo :

O excesso de exposição e a protecção insuficiente podem criar outros problemas.
 
  • Fotodermatoses : estas doenças são também designadas por "alergias ao sol".
A lucite estival benigna é a mais frequente (erupções e prurido no decote e no antebraço).
A lucite dita "polimorfa" e a urticária solar são as mais raras.
 
  • Manchas solares : trata-se de manchas castanhas que podem surgir nas zonas mais expostas (rosto e mãos).
  • Envelhecimento cutâneo prematuro: ..visível no rosto, pescoço, nuca, costas das mãos, antebraços.
  • Risco de cancro cutâneo: um risco real contra o qual nos devemos prevenir.


Deve estar atento aos sinais

O exame regular da pele é indispensável para despistar precocemente o melanoma (cancro da pele). É fácil de realizar, observando os sinais da pele com um espelho ou com a ajuda de um membro da família.






 

Perguntas

Especialistas da pele

Enviar por email

Pesquisando

Login required

You must log into your Avène account to save this information.


Login or create an account

You can't post more than one comment on a product

Dê a sua opinião

* Campos obrigatórios

Meu cadastro

-Dia
-Mês
-Ano

Marcas do grupo Pierre Fabre :

*Campos obrigatórios

Obrigada por compartilhar!

Seu comentário está aguardando a verificação dos administradores e será publicado após aprovação.